Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade - ISSN: 2236-1499

No teatro há personagem ou pessoa?[1]

d.o.i. 10.13115/2236-1499.2013v1n10p250

HERLAN JOSÉ TENÓRIO FERREIRA2 (UPE)


Resumo: O mundo de possibilidades (verossímil) pertence à personagem, ao ser fictício, pois o autor cria suas personagens a partir das pessoas que estão em seu meio, por isso será verossímil, próximo da realidade, que se faz valer a partir do espetáculo, da dramatização do texto escrito, uma vez que o teatro foi feito pra ser visto, ser sentido, é transformado em livro por questão de transporte e difusão da obra. (TAVARES, 2005) Ao ler um livro percebe-se que as palavras vão se encaixando e formando a figura de uma pessoa, ou melhor, uma figura dramática, uma personagem. A leitura atrelada ao conhecimento de mundo é que vai fazer com que as personagens sejam perfeitas para cada leitor; os recursos usados pelo autor fazem as personagens se mostrarem aos poucos e tudo passa a fazer sentido e ficar interligado. Este trabalho tem por tema de debate a personagem do teatro, vivendo em um mundo verossímil que passa a ser real quando se materializa no palco, fazendo com que haja encontro entre observadores e observados, momento este que faz as personagens se tornarem pessoas e, consequentemente, a plateia passa a fazer parte da história.

 Palavras-chave: Teatro, Personagem, Pessoa, Personalidade.


[1] Artigo aceito para apresentação no IV Encontro Gêneros na Linguística e na Literatura, realizado no período de 5 a 7 de agosto, em Recife, promovido pela Pós-Graduação em Letras da UFPE e pela Pós-Graduação em Linguagem e Ensino da UFCG.

2 Atualmente, como discente, faz parte do Programa de Pós‐Graduação latu senso em Língua Portuguesa e sua Literatura 

da Universidade de Pernambuco (UPE ‐ Campus Garanhuns). Possui artigo publicado no VI Encontro Nacional de 

Língua Falada e Escrita (ELFE) promovido pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e na XXIV Jornada Nacional do Grupo 

de Estudos Linguísticos do Nordeste (GELNE). Também possui trabalho apresentado no I Encontro Internacional e II Nacional de 

Linguística e Literatura: O canto da palavra, promovido pela Universidade de Pernambuco (UPE); Sua área de pesquisa está centrada 

na análise de textos de literatura oral como: música, teatro e cordel, além de junto a teoria literária analisar fenômenos linguísticos 

ocorrentes nestes textos.

 

 

Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade - ISSN: 2236-1499

Capa/Sumário Diálogos N.° 10

Home Page da Revista

Normas de Submissão de Artigos