Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade - ISSN: 2236-1499

RESENHA: EVANS-PRITCHARD, Edward Evan. Bruxaria, oráculos e magia entre os Azande. edição resumida e introdução Eva Gillies; tradução Eduardo Viveiros de Castro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2005.

D.O.I.: 10.13115/2236-1499.2014v2n11p255

 

Emanoel Magno A. de Oliveira[1]

 

Escrever uma resenha de uma etnografia clássica como “Bruxaria, oráculos e magia entre os Azande” de Evans-Pritchard não é tarefa das mais fáceis. Ainda mais quando se trata de um clássico da antropologia social, e uma obra bastante conhecida dos antropólogos. No entanto, a presente resenha se centralizara mais na discussão dos aspectos metodológicos utilizados pelo autor na pesquisa que resultou no trabalho etnográfico entre o povo zande. Por fim, discutirá a questão da linhagem teórica a qual estava vinculada o referido autor. Uma resenha que serve para tenta elucidar algumas questões teórico-metodológicas desenvolvida nesta obra por Evans-Pritchard. (continua


 

[1] Mestrando em Antropologia pelo PPGA da Universidade Federal de Pernambuco. E-mail: emanoel077@gmail.com.

 

Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade - ISSN: 2236-1499

Capa/Sumário Diálogos N.° 11

Home Page da Revista

Normas de Submissão de Artigos