CADASTRO     ATUAL    ANTERIORES    NOTÍCIAS     PESQUISA     PROFLETRAS

       BAWARSHI, A. S.; REIFF, M. J. Gênero: história, teoria, pesquisa, ensino. São Paulo: Parábola, 2013.

       BAKHTIN, M. M. Estética da criação verbal. 4. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

       BAZERMAN, Charles. Atos de fala, gêneros textuais e sistemas de atividades: como os textos organizam atividades e pessoas. In: BAZERMAN, Charles. Gêneros textuais, tipificação e interação. São Paulo: Cortez, 2005.

       BEZERRA, B. G. A propósito da “síntese brasileira” nos estudos de gêneros. Comunicação apresentada no VIII Simpósio Internacional de Gêneros Textuais – SIGET, USP, 8 a 10 de setembro de 2015.

       --------. Linguística II. Recife: UPE/NEAD, 2010.

      BRONCKART, J. P. Atividades de linguagem, textos e discursos: por um interacionismo sócio-discursivo. São Paulo: EDUC, 1999.

       LÊDO, A. C. de O.; PIMENTEL, R. L. Gêneros textuais e ensino: diálogos entre teorias de gênero em teses e dissertações da UFPE. Comunicação apresentada no VIII Simpósio Internacional de Gêneros Textuais – SIGET, USP, 8 a 10 de setembro de 2015.

       MARCUSCHI, L. A. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola, 2008.

       MILLER, Carolyn R. Gênero como ação social. In: MILLER, Carolyn R. Estudos sobre gênero textual, agência e tecnologia. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2009.

       SCHNEUWLY, B. Gêneros e tipos de discurso: considerações psicológicas e ortogenéticas. In: tradução e organização ROJO, R.; CORDEIRO, G. S. Gêneros orais e escritos na escola, Campinas, SP: Mercado das Letras, 1994.

       SILVA. N. I. da; BEZERRA, B. B. O conceito de gênero em artigos científicos sobre ensino de língua materna: repercussões de quatro tradições de estudos. In: APARÍCIO, A. S. M; SILVA, S. R. da. (Orgs.). Gêneros textuais e perspectivas de ensino. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014. p. 17-48.