CADASTRO     ATUAL    ANTERIORES    NOTÍCIAS     PESQUISA     PROFLETRAS

Referências 

AQUINO, Maria Aparecida de. Censura, Imprensa e Estado Autoritário (1968-1978): o exército cotidiano da dominação e resistência: O Estado de São Paulo e Movimento. Bauru: EDUSC, 1999.

AZEVEDO, Carlos. Jornal Movimento, uma reportagem. Belo Horizonte: Editora Manifesto, 2011.

BARROS, José D’Assunção. O Campo da História: especialidades e abordagens. Petrópolis, RJ: Vozes. 2009.

CAPELATO, Maria Helena. PRADO, Maria Lígia. O bravo matutino. Imprensa e Ideologia no Jornal O Estado de São Paulo. São Paulo. Alfa-Omega. 1980.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: 1. Artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1994.

DEL PORTO, Fabíola Brigante. A luta pela anistia no regime militar brasileiro: A constituição da sociedade civil e a construção da cidadania. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) – IFCH, UNICAMP, Campinas, 2002.

GASPARI, Elio. A Ditadura Encurralada, São Paulo:Cia da Letras, 2004.

GRESPAN, Jorge. Considerações sobre o método. IN. Fontes Históricas. PINSKY, Bassanezi Carla. (Org) São Paulo: Contexto, 2011.

GUERRA, Cláudio. Memórias de uma Guerra Suja. Topbooks. 2012.

HOBSBAWM, Erick J. Era dos extremos. O breve século XX: 1914-1991. São Paulo: Cia.das Letras, 1995.

KARNAL, Leandro. TARSCH. Flávia Galli. A memória Evanescente. In. PINSKY, Bassanezi Carla e LUCA, Regina, Tânia. (Org) “O Historiador e suas fontes”. São Paulo: Contexto, 2013.

KUCINSKI, Bernardo. Abertura, a história de uma crise. São Paulo: Ed. Brasil Debates, 1982. 

___________. Jornalistas e revolucionários nos tempos da imprensa alternativa. São Paulo: Scritta, 1991.

LOPES, Rosalba. Sob o signo da metamorfose: as esquerdas comunistas brasileiras e a democracia (1974- 1982). Tese (doutorado) – Universidade Federal Fluminense, Instituto de Ciências Humanas e Filosofia, Departamento de História, 2010.

LUCA, Tania Regina. História dos, nos e por meio dos períodicos.IN. Fontes Históricas. PINSKY, Bassanezi Carla. (Org) São Paulo: Contexto, 2011.

MENESES, Maria Aparecida. O cotidiano camponês e a sua importância enquanto resistência à dominação: a contribuição de James C. Scott. Raízes, Campina Grande, vol. 21, nº 01, p. 32-44, jan./jun. 2002.

ROSA, Susel Oliveira. "Apesar de vocês amanhã vai ser outro dia": Imprensa alternativa versus ditadura militar em Porto Alegre. Revista eletrônica de crítica e teoria de literaturas Dossiê: a literatura em tempos de repressão PPG-LET-UFRGS – Porto Alegre – Vol. 01 N. 01 – jul/dez 2005.

SADER, Eder. Quando novos personagens entraram em cena: experiências, falas e lutas dos trabalhadores da Grande São Paulo, 1970-80. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

SCOTT, James C. A dominação e a arte da resistência: Discursos ocultos. Tradução: Pedro Serras Pereira. Letra livre, 2013.

SOUZA, Inara Bezerra Ferreira. A imprensa alternativa no Brasil: a experiência do jornal Movimento. XVIII Encontro regional ANPUH- MG. Mariana. 24 a 27 de Julho de 2012.

TOURAINE, Alan. O Retorno do Actor. Instituto Piaget, 1984.

ZERBINE, Therezinha. Semente da Liberdade. São Paulo, Edição do Autor, 1979