CADASTRO     ATUAL    ANTERIORES    NOTÍCIAS     PESQUISA     PROFLETRAS

Referências

BAKHTIN, M. Marxismo e Filosofia da Linguagem. 11. ed. São Paulo: Hucitec, 2004.

CHAUI, M. O que é ideologia. São Paulo, Brasiliense, 1980. 

FAIRCLOUGH, N. Discurso e Mudança Social. Brasília, Editora da UnB, 2001.

FREYRE, G. Casa-grande e senzala: Formação da família brasileira sob o regime da família patriarcal. 25. ed. Rio de Janeiro, José Olympio, 1987.

GOMES, J. J. Discurso feminino: uma análise crítica de identidades sociais de mulheres vítimas de violência de gênero. Recife. Dissertação (Mestrado em Linguística) — Departamento de Letras, Universidade Federal de Pernambuco, 2008.

HARRÉ, R. e VAN LAGENHOVE, L. Positioning theory. Oxford, Blackwell, 1999.

MOITA LOPES, Luiz Paulo da. Identidades Fragmentadas. A construção discursiva de raça, gênero e sexualidade em sala de aula. Campinas, Mercado de Letras, 2002.

PAZ, Octavio. 1984. O labirinto da solidão e post scriptum. Rio de Janeiro, Paz e Terra.

PLATÃO. Apologia de Sócrates e Banquete. Trad. Jean Melville. Porto Alegre, Martin Claret, 2004.

SAFFIOTI, H. I. B. Contribuições feministas para o estudo da violência de gênero. Cadernos Pagu, 16, 2001, p. 115-136.

VAN DIJK, T. A. Cognição, Discurso e Interação. São Paulo, Contexto, 1992.

_____. Semântica do Discurso e Ideologia. In: Emília Ribeiro Pedro (org.). Análise Crítica do Discurso: Uma Perspectiva Sociopolítica e Funcional. Lisboa, Caminho, 1997, p. 105-168.