CADASTRO     ATUAL    ANTERIORES    NOTÍCIAS     PESQUISA     PROFLETRAS

ARAUJO, Sandra Simone Moraes de. Narradores do sensível: um estudo sobre o imaginário e a cegueira na cidade do Recife (versão para quem enxerga). Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Pernambuco, CFCH. Programa de Pós-Graduação em Antropologia, 2011.

BERGER. John. Para entender uma fotografia. São Paulo. Companhia das Letras. 2017.

BORGES. Maria Eliza Linhares. História e fotografia. 3 ed, Belo Horizonte. Autêntica Editora. 2011.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: artes de fazer. 16 ed. Petrópolis. Vozes. 2009.

CHEVALIER, Jean; GREERBRANT, Alain. Dicionário de Símbolos. 16 ed. Rio de Janeiro. José Olympio. 2001.

DURAND, Gilbert. A imaginação simbólica. Lisboa. Edições 70. 1993.

____________ A fé do sapateiro. Brasília. UNB. 1995.

____________ As estruturas antropológicas do imaginário: introdução à arquetipologia geral. São Paulo. Martins Fontes. 1997.

____________ O imaginário, lugar do entre-saberes. In Campos do imaginário. Lisboa. Instituto Piaget. 1998. p. 231-244.

____________ O imaginário: ensaio acerca das ciências e da filosofia da imagem. 3 ed. Rio de Janeiro. Difel. 2004.

EDWARD, Elizabeth. Rastreando a fotografia. In BARBOSA, Andrea et al. A experiência da imagem na etnografia. São Paulo. Terceiro Nome. 2016.

KOSSOY, Boris. Os tempos da fotografia: o efêmero e o perpétuo. 3 ed. São Paulo. Ateliê Editorial. 2014.

KOUTSOUKOS, Sandra Sofia Machado. Negros no estúdio do fotógrafo. Campinas. Editora da Unicamp. 2010.

LOPES, Nei. Enciclopédia brasileira da diáspora africana. 4 ed. São Paulo. Selo Negro. 2011.

MORIN, Edgar. O método 4 – as idéias: habitat, vida, costumes, organização. Porto Alegre. Sulina. 2005.

SERRES, Michel. Os cinco sentidos: filosofia dos corpos misturados. Rio de Janeiro. Bertrand Brasil. 2001.

SONTAG, Susan. Sobre fotografia. São Paulo. Companhia das Letras. 2014.

VASQUEZ. Pedro Karp. A fotografia no Império. Rio de Janeiro. Jorge Zahar. 2002.

VERGER, Pierre Fatumbi. Olhar a África e ver o Brasil. São Paulo. Companhia Editora Nacional. 2005.

______________ Orixás. Salvador. Corrupio. 2002.

______________50 anos de fotografia: 1932-1982. Salvador. Fundação Pierre Verger. 2011.